Número total de visualizações de página

domingo, 1 de dezembro de 2013

Em Busca da Flor de Mil Cores 1- Bugalhudo e Caracolitas no Bocejo do Vulcão


- Os Leopardos do Alcatrão, Caracolitas! Navegam a toda a velocidade nesta direção. Cubram-se, cubram-se! Escondam-se! – insistiu o Mago.
- Uh! Onde? Onde? A rede! Cobre-me, André! – gritou a menina, esbaforida.
- Anda! Chega-te aqui, Ju.Depressa! – abraçou-a, bem apertadinha, debaixo da rede.
- Os Leopardos do Alcatrão são maléficos.- explicou-lhes o Mago.- Adoram engolir criaturas novas, inexperientes e afetuosas. Fortalecem, assim, os seus poderes e lubrificam a sua pele, a sua imagem, que se mantém intacta e inalterável face à temperatura quente da lava. Mergulham à vontade e confundem-se com o xisto quando descansam nas margens. Cuidado! O seu maior prazer é caçar criaturas indefesas, que andam à procura da felicidade, e que a oferecem a quem amam. Eles odeiam seres que se amam e que se dedicam aos outros. Eles odeiam essa palavra: amor. Existem para a destruir. Simultaneamente, invejam quem consegue amar e tentam, a todo o custo, engolir criaturas com essa capacidade especial de cuidar dos outros. Procuram, antes de as aniquilarem, sentir o mesmo. Como se fosse possível sentir o amor por interposta pessoa. Como se fosse possível sentir o amor com a intenção de o matar.

  1º livro ( de seis) do conto infanto-juvenil " Em Busca da Flor de Mil Cores" de Conceição Sousa:
Bugalhudo e Caracolitas no Bocejo do Vulcão.
 

Sem comentários:

Enviar um comentário