Número total de visualizações de página

terça-feira, 16 de abril de 2013

culpas?

Se nos sentimos tristes, vazios, mal-amados...porque não haveremos nós de dizer a nossa verdade?
A de que nos sentimos tristes, vazios e mal-amados.
Atribuir culpas?
De que nos serve atribuir culpas?
Só sabemos que não se inventa o que não se sente.
Essa é a verdade.
Já nos amámos.
Já nos amámos como loucos, mas algo se perdeu.
Matámos, à vez, o nosso amor: morreu.
De que nos serve atribuir culpas?
Ambos sabemos - e é no ponto do toque -
que não se inventa o que deixou de ser sentido.
De que nos serve atribuir culpas e prolongar o que a vida tratou de terminar?

(Conceição Sousa)

Sem comentários:

Enviar um comentário