Número total de visualizações de página

quarta-feira, 10 de julho de 2013

a realidade

Se não conheces determinada realidade por dentro, se nunca a viveste, ela nunca te poderá ser dolorosa. Nada é doloroso por comparação. Só é doloroso por consciencialização. E até a morte só passa a ser morte quando é mesmo morte. Se estás a ler isto, ainda não sabes o que é. Agora, eu? Depende. Sei que as letras atravessam o tempo, nos materiais, e na alma da gente. Elas falam, de geração em geração. A quanto tempo estás distante de mim?

(F)


(Conceição Sousa)

Sem comentários:

Enviar um comentário