Número total de visualizações de página

domingo, 12 de maio de 2013

ananás

Deitar a cabeça na tua almofada, 
o ombro feliz de uma vida cumprida. 
De uma vida que permanece - 
nas letras abertas do abraço agridoce, 
tecido em aconchego 
no aroma caramelizante de um beijo 
com sabor a ananás. 
E basta isso para que o instante se vista 
da eternidade de um afecto de domingo. 
Basta isso para que te segrede ao ouvido:
- Tenho todo o tempo do mundo para ti, meu querido...
todo o tempo do mundo e do além. 

(Conceição Sousa)

Sem comentários:

Enviar um comentário