Número total de visualizações de página

sábado, 25 de maio de 2013

camélias

Olho para as camélias que me trazem pelo colo,
e piso-as no encalço daquelas outras
ancoradas na japoneira...
ainda no percurso,
desisto das que estão lá no alto, belas,
em cores vivas e sorridentes;
ainda no percurso,
olho para o chão – daquele ponto para trás –,
e apanho uma a uma,
em ternos afagos,
todas as que me trouxeram até ali:
abraço-as no meu colo
e levo-as até ao sorriso de ti.


(Conceição Sousa)
 
+

Sem comentários:

Enviar um comentário